Travessia Pirineus 2006

Descrição da Travessia em Autonomia dos Pirineus em Agosto de 2006

Wednesday, October 11, 2006

Etapa 14 - De Isaba a Erratzu - 31/Agosto/2006

Isaba – Erratzu
112Km – 9hrs11m
Temperatura [Min/Max – Med]: ND
Altitude [Acumulado – Max]: 2900 – 1330


Mapa da Etapa


Altimetria


Comentários do Dia

De acordo com o plano, a etapa 14 previa 1700mts de ascensão em 77Km até Roncesvalles. Por essa razão iniciámos o dia bem cedo. As primeiras Colladas: Laza e Ollokia, são vencidas em alcatrão. Depois entramos numa pista óptima que atravessa a floresta de Irati, a maior mancha florestal da Europa Ocidental, segundo os folhetos turisticos. Fazemos Kms e Kms de carvalhos. Durante todo o trajecto, graças à mentalização do dia anterior e à qualidade das pistas a média foi sempre muito elevada, 16km/h.

Como chegámos a Roncesvalles com o sol bem alto, decidimos estender a etapa até Erratzu. Nesta nova solução comprimimos as última 3 etapas para dois dias e evitamos dois alojamentos em pensões. Assim, prosseguimos com uma ascensão para o Puerto de Ibañeta e depois o Collado de Lindux, este com umas rampas de cimento muito inclinadas.

Seguiu-se uma descida de 20Km até Banca, já em território Francês. O Collado de Elorrieta proporcionou-nos umas rampas de cimento muito difíceis, em pouco menos de 8kms, subimos 550mts. A descida começou num belo prado por um caminho que em parte se confunde com uma linha de água, apesar de muito calhau foi transitável.
Resultado, 112Km de belo BTT e 2.900mts de ascenção acumulada ao 14º dia.

JS

---

Sem dúvida o melhor dia até agora! Pistas muito rolantes, belas paisagens, clima ideal, a combinação perfeita. Chagámos tão cedo a Roncesvalles que decidimos continuar. O único senão foram os suportes dos alforges não terem aguentado, e ter acabado a etapa com o suporte solto.

O ritmo foi de tal maneira que até parámos a meio da manhã para fazer um cházinho para mim e um café para o Jorge.

Em resumo: muito duro, muito acumulado e belas paisagens.

ZP

Fotos


Paragem em Roncesvalles





2 Comments:

  • At 25/10/06 01:46, Blogger fiuza said…

    boas

    Podias me dizer como fizeste o percurso se por track de gps ou por mapas? responde s kiseres pra esquilas@iol.pt. abr

     
  • At 25/10/06 13:35, Blogger ZP & JS said…

    Neste site encontras os tracks que nós utilizamos.

    http://siemprebtt.awardspace.com/
    transpirenaica/transpirenaica.php

    Como segurança levamos também o livro "Travessia dos Pirineus em BTT" do Jordi Laporta, uma especie de bíblia da travessia. Que para além de ter a descrição de cada etapa (inlcuí mapas detalhados) contem informação sobre logística, alguma entretanto desactualizada.

    Note-se que não poucas vezes os pontos de partida e/ou chegada das nossas etapas, não coincidem com os propostos no livro porque este sugere 16 a 17 etapas e nós fizemos o percurso em 15 e por isso as duas últimas foram bem mais extensas do que previsto. Por outro lado, sempre que possível nós acampavamos, como tal procuravamos localidades com parque de campismo.

    Boas pedaladas,
    Jorge Santos

     

Post a Comment

<< Home